Outubro

Compartilhe:

Festa de Nossa Senhora do Rosário – as celebrações em homenagem à padroeira da cidade tiveram início antes mesmo da criação da freguesia, no final do século XVII, mas apesar da longa tradição, a festa perdeu força ao longo dos anos e atualmente é uma das poucas que não incorporou a programação profana à suas celebrações. A festa é celebrada no início do mês com um Novenário. Para cada noite é escolhido um mordomo responsável pela celebração e uma comunidade da cidade para a qual a noite de oração é dedicada. No domingo da festa, acontece a Alvorada de Sinos e Fogos. Mais tarde, é realizada uma missa solene na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário da Cachoeira. À tarde, fieis participam procissão com os andores da santa padroeira, São José e Deus Menino, acompanhados por filarmônicas locais. Festa de Frei Galvão – o primeiro santo brasileiro também tem forte ligação com a cidade de Cachoeira. Santo Antônio de Sant’Ana Galvão, ou Frei Galvão, como é mais conhecido, foi aluno interno do Seminário Jesuíta localizado na Vila de Belém, na zona rural de Cachoeira. Atualmente o local abriga o Santuário Santo Antônio Galvão, que guarda pertences e relíquias do santo católico. No final do mês de outubro, o padroeiro é homenageado pela comunidade com um Novenário e com a realização da caminhada ecológica Nos Passos de Frei Galvão, saindo do Porto de Cachoeira e seguindo até o Santuário, na Vila de Belém. O trajeto dura cerca de 3 horas e atrai devotos de todas as idades que na chegada participam de uma missa. Em seguida, grupos culturais se apresentam garantindo a animação do público. Aniversário de São Félix – no dia 25 de outubro a cidade de São Féli comemora sua data magna. Foi nesse dia, no ano de 1890, que o então município desmembrado de Cachoeira, foi elevado à categoria de cidade. Desde então, todos os anos o aniversário da cidade é comemorado com alvorada, missa, sessão solene na Câmara de Vereadores, acompanhada pela Filarmônica União Sanfelista.

Comente: